RKita – Contadores Associados|e-mail: contato@rkita.com.br

Receita Federal divulga as novas regras para declaração do Imposto de Renda 2022

O início da declaração começa no dia 7 de março, às 8h e termina no dia 29 de abril.

Novidades Imposto de Renda 2022

Em comemoração aos 100 anos da criação do Imposto de Renda, a Receita Federal anunciou simplificações para o cumprimento da obrigação neste ano.

Entre as mudanças, está o acesso à declaração pré-preenchida, que poderá ser feita por todos os contribuintes que possuírem contas níveis prata ou ouro no Gov.br, acessando pelo aplicativo Meu Gov.br no celular e fazer a validação facial, que utiliza as bases de dados do Departamento Nacional de Trânsito e do Tribunal Superior Eleitoral.

Outra inovação é o pagamento das quotas e a restituição do Imposto de Renda, onde ambas poderão ser efetuadas pelo PIX.

O sistema do Imposto de Renda permitirá ainda importar informações do carnê leão, o que irá evitar o retrabalho e situações de malha fiscal.

Outra novidade é que os trabalhadores que receberam auxílio emergencial em 2021 não estarão obrigados a declarar Imposto de Renda, salvo para aqueles contribuintes que tenham recebido rendimentos tributáveis acima de R$ 28.559,70.

Quem é obrigado a declarar IR 2022

recebeu rendimentos brutos tributáveis superiores a R$ 28.559,70 ou rendimentos não-tributáveis e isentos, acima de R$ 40.000,00;
realizou venda de bens móveis e imóveis;
realizou negócios em bolsa de valores, de mercadorias, de futuros e assemelhadas;
teve posse ou a propriedade de bens ou direitos, inclusive terra nua, de valor total superior a R$ 300.000,00 durante o ano de 2021.
quem passou à condição de residente no Brasil em qualquer mês do ano passado e nessa condição encontrava-se em 31 de dezembro de 2021.

Documentos necessários para elaboração da declaração

Dados pessoais
Nome, CPF e data de nascimento;
Nome, CPF, grau de parentesco dos dependentes e suas datas de nascimento;
Endereço residencial;
Cópia da última declaração do IR entregue;
Informe de rendimentos de fontes pagadoras para assalariados, aluguéis e rendimentos de distribuição de lucros de sócios;
Rendimentos de instituições financeiras, como bancos e corretora de investimentos;
Rendimentos de aluguéis;
Rendimentos como pensão alimentícia, doações, heranças, etc;
Resumo mensal do livro-caixa com memória de cálculo do Carnê-leão, se aplicável.

No caso dos deduções de gastos no modelo completo, o contribuinte deverá apresentar os pagamentos realizados, além de notas fiscais ou recibos dos serviços prestados com assinatura e CNPJ/CPF do profissional prestador do serviço de:

Despesas médicas;
Despesas odontológicas;
Seguro saúde;
Despesas com educação.

Para sanar suas dúvidas fale conosco!

Sugestão de Posts:

Desvendando os regimes tributários o guia definitivo

Desvendando os regimes tributários: o guia definitivo

Olá, querido leitor! Se você é empresário ou está pensando em abrir um negócio, com certeza já ouviu falar sobre regimes tributários, não é mesmo? Este é um dos temas mais cruciais (e confusos) na vida de qualquer empreendedor. Afinal, um regime tributário inadequado pode trazer problemas sérios para a saúde financeira da sua empresa.

Leia mais »

Resolução COFECI N° 1.430, de 29 de novembro de 2019 (DOU de 16.12.2019) – Determina o Recadastramento obrigatório dos Corretores de Imóveis do Brasil e institui a Cédula de Identidade Profissional e o Certificado de Inscrição Empresarial digitais

O CONSELHO FEDERAL DE CORRETORES DE IMÓVEIS – COFECI, no uso das atribuições legais que lhe são conferidas pelo artigo 16, inciso XVII, c/c artigo 17, VI, da Lei n° 6.530, de 12 de maio de 1978 e artigo 10, inciso III do Decreto 81.871, de 29 de junho de 1978, CONSIDERANDO que, para realização dos objetivos institucionais consubstanciados no artigo 5° da Lei n° 6.530, de 12 de

Leia mais »

Tecnologia a favor das empresas

É cada vez mais constante o uso de tecnologias a favor das empresas. Processos precisam ser melhor “robotizados” ou integrados a inteligência artificial. A revolução tecnológica está presente em nosso dia a dia, basta enxergarmos os trabalhos ao nosso redor e ver o pode ser melhor gerido entre contabilidade e seus clientes. Vou citar alguns

Leia mais »

Posts relacionados

Escritório de Contabilidade

Novo Programa de Parcelamento Incentivado em São Paulo promove a regularização de débitos com descontos

No último dia 11 de abril, o Diário Oficial da Cidade de São Paulo anunciou a publicação do Decreto 63.341/2024, que regulamenta a Lei 18.095/2024 e trata do Programa de Parcelamento Incentivado de 2024 destinado aos contribuintes da capital paulista que buscam regularizar seus débitos acumulados até 31 de dezembro de 2023. O objetivo principal

Leia mais »
Entendendo o CNAE no Contexto dos Pet Shops
Escritório de Contabilidade

Entendendo o CNAE no Contexto dos Pet Shops

Por Hideaki Nishino, Vice-Presidente Sênior de Estratégia e Administração de Plataforma. O universo dos pet shops é vasto e está em constante crescimento. Para quem deseja ingressar nesse mercado, é crucial entender o papel do CNAE (Classificação Nacional de Atividades Econômicas) e como ele impacta o funcionamento de um pet shop. O que representa o

Leia mais »

Compreendendo as Advertências no Ambiente de Trabalho

O ambiente corporativo é regido por uma série de normas e regulamentos que visam manter a harmonia e produtividade entre empregados e empregadores. Uma dessas ferramentas são as advertências trabalhistas, que têm como objetivo orientar e corrigir comportamentos inadequados. O Propósito das Advertências Contrariamente à crença popular, as advertências no trabalho têm um caráter mais

Leia mais »